Hoje você irá matar um pouquinho da saudade desta grande novela, Meu Pecado, protagonizada por Maite Perroni e Eugenio Siller. No Brasil, foi exibida pelo SBT em 2014 e teve que ser cortada muitas cenas porém a trama terminou com o mesmo número de capítulos da sua exibição original. Meu Pecado conta a história de Lucrécia e Juliano, dois jovens apaixonados que precisam lidar com a oposição dos pais para ficarem juntos. Lucrécia (Maite Perroni) comoveu todo o Brasil ao viver um romance proibido com Juliano.

Relembre a história a seguir:

Paulino Córdoba (Roberto Blandón), Ramiro Sousa (Sergio Goyri), Rodolfo Horta (Francisco Gattorno) e Matias Quiroga (Salvador Sánchez), foram amigos desde a infância, mas adultos, as suas prioridades mudaram, e um pecado ameaça destruir a sua relação de amizade.

Paulino é o proprietário da Fazenda Milagre que é produtora de maçãs, e marido de Rosário (Daniela Castro), eles tem dois filhos, César (Diego Velásquez) e Lucrécia (Daniela Aedo/Maite Perroni). Rosário tem mostrado sempre uma predileção por seu filho e uma aberta rejeição por sua filha. Quem cuidou de Lucrécia foi Delfina (Magda Karina), empregada de Rosário e mãe de Manuel. Lucrécia e Manuel (Alejandro Cervantes) se consideram irmãos de leite, porque Delfina os amamentou. O melhor amigo de Lucrecia é Juliano Horta (Adriano Zendejas). Ambos partilharam os mesmos gostos e uma simpatia que, ao longo dos anos, tornou-se um grande amor. Ramiro é um homem astuto e ambicioso que mata sua mulher Inês (Lucía Méndez), para se apoderar da sua fortuna. Ramiro manipula seus amigos e seu filhos, Carmelo (Armando Araiza) e Teresinha (Gabriela Carrillo). É o dono das maiores terras de cultivo, e paga a Paulino, para fazer a distribuição e comercialização das maçãs.

Maite Perroni e Eugenio Siller

Rodolfo é o professor do povoado de São Pedro, é um homem íntegro e trabalhador. Está casado com Justina (Sabine Moussier), uma mulher sensual e que está sempre insatisfeita com o pouco que seu marido lhe dá. São os pais de Juliano (Adriano Zendejas) e Josué (Robin Vega). Matias Quiroga, sacerdote do povoado, vê com angústia como seus amigos agora são inimigos. A inimizade entre esses homens e suas famílias torna-se o principal obstáculo para o amor de Lucrécia e Juliano. Infelizmente, para ambos, o acaso os envolve em um acidente que custou a vida de César. Eles são inocentes, mas Rosário, mãe de Lucrécia, pensa que são os responsáveis. A depressão se apodera de Rosário, que passa a não suportar a presença de sua filha. O ressentimento de Rosário obriga Paulino a expulsar sua filha da fazenda Milagre e a levá-la para longe da família de Rodolfo Horta. A partir de então, a má fama de Juliano corre pelo povoado e daí surge o apelido de “diabo”, que terá que carregar pelo resto da sua vida. Com o passar dos anos, Lucrécia (Maite Perroni) e Juliano (Eugenio Siller) se reencontram e seu amor renasce. Mesmo seus pais se opondo, eles estão dispostos a lutar por seu amor. E contam com o apoio de Delfina, Modesto (António Medellín), seu esposo, e a solidariedade de Manuel, que apesar de amar Lucrécia, os ajuda a serem felizes.

Modesto, capataz da fazenda, é um homem do campo, que tem uma roça de milho e que junto com Delfina e Manuel, formam uma família íntegra e amorosa. Lucrécia não volta sozinha, vem acompanhada de sua prima Renata (Jessica Coch), que após matar a diretora do internato em que ela e Lucrécia estudavam, foge para São Pedro com a desculpa de que vai passar as férias com a prima. Uma garota muito invejosa, disposta a se apoderar de tudo que é de Lucrécia. Paulino sofre uma crise econômica e Ramiro exige casar com sua filha Lucrécia. Mas Carmelo se impõe e o mata a tiros. Juliano é acusado injustamente por este crime e com isso Lucrécia se vê obrigada a casar-se com Carmelo para evitar a ruína de seu pai e que Juliano fosse acusado injustamente. Juliano vai embora do povoado, convencido de que Lucrécia o traiu. Rosário vai ao rio onde seu filho morreu e ela mesma se afoga. Se passam três anos. Lucrecia vive triste como esposa de Carmelo, além de ter perdido a fazenda Milagre.

Maite Perroni e Eugenio Siller


O povoado fala da chegada de um estranho que comprou a fazenda. Lucrécia descobre que este estranho é Juliano Horta. Carmelo fica sabendo que Juliano voltou e se inicia a guerra entre os dois pelo amor de Lucrécia. Por isso, Lucrecia e Juliano lutarão para demostrar que seu amor é forte e duradouro. No final, Lucrécia joga duas rosas no rio, uma para seu irmão e uma para sua mãe. Lucrécia e Juliano estão felizes para sempre.

O que achou da Novela Mexicana Meu Pecado?